O Sicoob Crediluz realizou no dia 21 de março, no Rotary Clube de Luz (MG), a Assembleia Geral Ordinária (AGO) e a Assembleia Geral Extraordinária (AGE). A iniciativa, que pela primeira vez foi transmitida por mídias digitais, teve como objetivo apresentar aos associados os resultados da cooperativa em 2019, além de discutir, votar propostas e eleger os membros do Conselho Fiscal.

A proposta teve como foco permitir aos associados se atualizarem das informações pertinentes ao Sicoob Crediluz sem precisar deixar suas residências. “Nossa proposta foi garantir que os cooperados pudessem ter acesso aos temas tratados na AGE e AGO com segurança. Diante às restrições e às orientações de autoridades sanitárias e políticas, acreditamos que essa seria uma excelente forma de garantirmos a prestação de contas aos associados, sem colocar em risco a população de Luz”, destacou o Presidente do Conselho de Administração, Washington Paulinelli.

Na oportunidade, os cooperados deliberaram sobre a Reforma Parcial do Estatuto Social no que tange à denominação da cooperativa, sendo aprovado o nome Cooperativa de Crédito Crediluz Ltda. – SICOOB CREDILUZ – e sobre a ampliação da área de atuação da singular para todo o território nacional, sugestão também aprovada em votação.

A Assembleia seguiu com a apresentação dos resultados de 2019 e da evolução da cooperativa nos últimos 10 anos no que tange ao número de associados (que obteve crescimento de 231,44%), aos depósitos totais (que aumentaram em 665,38%), às operações de crédito (que evoluíram 432,18%), ao patrimônio (que registrou crescimento de 240,66%),  aos ativos totais (que tiveram ampliação de 450,03%) e às sobras (que registram aumento de 188,77% no período entre 2009 e 2019). 

Os cooperados deliberaram acerca das destinações das sobras (conferido como o resultado/lucro em demais instituições), definindo investimentos e retorno/distribuição de parte do valor aos associados. Além disso, os participantes puderam conhecer também o Ganho Social do Sicoob Crediluz em 2019, valor que reflete a economia do cooperado na realização das operações junto à cooperativa, em comparação às demais instituições financeiras.

“Tivemos um Ganho Social de R$ 2.144,00 por associado. Isso significa que se o cooperado realizasse suas transações financeiras em outras instituições, teria esse custo a mais para realizar as mesmas transações que fez conosco ao longo de todo o último ano. Além da participação nas decisões e da distribuição das sobras, esse é mais um dos grandes benefícios e diferenciais do cooperativismo de crédito”, destacou Washington Paulinelli.


Por meio da deliberação na Assembleia, o Sicoob Crediluz destinou o valor de R$ 416.000,00 aos associados. O valor foi distribuído em conta corrente, proporcionalmente à movimentação de saldos em depósitos à vista, depósitos a prazo e operações de crédito de cada cooperado.


As sobras disponíveis para a Assembleia foram de R$ 516.611,36. Por meio da deliberação, o Sicoob Crediluz destinou o valor de R$ 416.000,00 aos associados, o valor foi distribuído em conta corrente, proporcionalmente à movimentação de saldos em depósitos à vista, depósitos a prazo e operações de crédito de cada cooperado. O valor de R$ 100.611,36 foi destinado ao FATES e utilizado para a aquisição dos respiradores mecânicos, doados aos Hospitais de Luz e Estrela do Indaiá.


Veja o material que foi usado durante a apresentação:

AGE e AGO 2020