Diante dos últimos acontecimentos advindos da ocorrência da pandemia, o Sicoob Crediluz está sempre inovando na forma de se comunicar e levar informação aos seus cooperados.

Na noite do dia 14 de maio, oconteceu a transmissão da live que contou com a participação da economista Rita Mundim junto ao Diretor Executivo do Sicoob Central Crediminas Elson Rocha Justino.

Segundo Rita Mundim, iniciamos o ano de 2020 com a economia gerando empregos formais, a taxa de desemprego em janeiro era a menor desde 2016, o setor varejista estava se recuperando muito bem e de repente, quando chegamos em março, a Organização de Cooperação e de Desenvolvimento Econômico (OCDE) mostrou ao mundo que tínhamos um problema. Começou como uma epidemia na China e de repente transformou-se em uma pandemia influenciando diretamente a economia global, onde o indicado seria o isolamento social e consequentemente esta medida parou o setor de serviços, que mais gera empregos e renda no Brasil, sendo responsável por 70% do PIB. 

Rita ponderou que “apesar deste cenário, hoje estamos com uma estrutura muito mais forte, onde a equipe econômica está monitorando a crise dia a dia. Sabemos como estamos e como sairemos. Tendo em vista que hoje somos um país ávido por crescer, que está contabilizando cada centavo da sociedade e está tomando conta com responsabilidade fiscal, nós seremos o país de maior atratividade para o dinheiro estrangeiro, a moeda forte, no pós-pandemia”, avalia.

Rita segue acreditando na equipe econômica, na transformação do estado, onde saímos de um capitalismo de estado onde todo mundo queria ser funcionário público e estamos migrando para o capitalismo de mercado, com ambiente tributário justo, para que a produção se estabeleça. 

Apesar da crise Rita está otimista e, acredita que o país pode tirar vantagens desse momento, com destaque para o cooperativismo, que na visão dela. Para Rita “será um dos setores mais vencedores no pós-pandemia. Diante da globalização, as pessoas vão se voltar cada vez mais para as comunidades e o cooperativismo está preparado para atender”. 

Elson Justino discorreu sobre a relevância do Sicoob, maios sistema financeiro cooperativo do Brasil e destacou seus diferenciais. “Em ambientes de dificuldade, o cooperativismo se fortalece porque o seu DNA é de união, cooperação e solidariedade. O Sicoob está chegando a 120 bilhões de ativos, 60 bilhões em operações de crédito e 70 bilhões de depósitos. O sistema tem força, porte e liquidez para superar o desafio que está se apresentando. No Brasil já temos 4,8 milhões de associados. Em Minas Gerais o Cooperativismo de crédito está presente em 600 municípios e em vários deles é a única instituição financeira presente, demonstrando compromisso com as comunidades” apontou. Além disto, o Diretor Executivo ressaltou a importância do Sicoob Crediluz e seu papel para Minas Gerais. O Sicoob Crediluz está presente em Luz e região, mas também em Sabará e Nova Lima/Mg. É hoje uma cooperativa não mais local e sim uma cooperativa de crédito estadual”, afirmou.

A live já foi assistida por mais de 730 pessoas e permanecerá disponível na página oficial do Sicoob Crediluz no Intagram.