A Global Reporting Initiative (GRI) é uma organização internacional, com sede na Holanda, que desenvolve e dissemina globalmente diretrizes para a elaboração de relatórios de sustentabilidade, utilizadas voluntariamente por empresas do mundo todo, em mais de 60 países.
 
A visão da GRI é uma economia global sustentável onde organizações podem medir seus desempenhos e impactos econômicos, ambientais, sociais bem como os relacionados à governança, de uma maneira responsável e transparente.
 
Desenvolver relatórios de sustentabilidade é um processo que envolve identificação, mensuração e divulgação do desempenho sustentável, e estas informações podem ser publicadas periodicamente em forma de relatórios. Estes permitem às empresas fazer três coisas:
 
1. Desenvolver uma estratégia de gestão voltada para o futuro, baseada em informações consistentes sobre os impactos positivos e negativos da sustentabilidade, tanto causados pela cooperativa como por fatores externos, tais como alterações climáticas ou questões de direitos humanos;
 
2. Melhorar o diálogo entre a cooperativa, seus associados e clientes, o que auxilia as empresas a identificar riscos e oportunidades ligados à sustentabilidade;
 
3. E ajudar a mudar a mentalidade, buscando o que faz sentido para os negócios em um mundo dinâmico, onde importa não somente o âmbito financeiro, mas também o econômico, o social e o ambiental.
 
O Sicoob Crediluz não possui política de verificação externa específica para relatório GRI, embora faça auditorias internas e externas independentes de outros processos.
 
O Relatório 2015 foi elaborado de acordo com as diretrizes GRI G4 - Essencial e foi submetido à verificação interna por Auditores Internos, capacitados por instrutor certificado em curso da GRI, no período de 21 a 22 de janeiro de 2016.

Ao optarmos pelo modelo GRI (Global Reporting Initiative) em nossos Relatórios de Gestão, exercemos a transparência e a prestação de contas a todos os públicos de interesse da cooperativa, relatando todas as atividades da cooperativa e seus impactos sociais, econômicos e ambientais.